Icone Acesso a informação
Portal
Transparência 
Consulta Prévia
Consulta
Prévia
Governo
Data: 08/05/2024 - Escrito por: Eduarda Salazar - Imagem: Defesa Civil/Governo do Rio Grande do Sul

//Município de Criciúma está autorizado a ceder máquinas e pessoal ao Rio Grande do Sul

Tweet
Equipamentos poderão auxiliar na normalização dos serviços públicos essenciais nas áreas atingidas pelas enchentes

Para auxiliar na recuperação das áreas gaúchas atingidas pelas enchentes, o município de Criciúma está autorizado a ceder máquinas, equipamentos, combustível e pessoal ao Estado do Rio Grande do Sul. O Projeto do Poder Executivo (PE) n° 30/2024 foi encaminhado à Câmara de Vereadores e aprovado por unanimidade durante sessão extraordinária desta terça-feira (7). Os equipamentos poderão ser utilizados para a normalização dos serviços públicos essenciais, como recuperação de vias e atendimento aos setores de saúde, trânsito e segurança.
 
“Nossos irmãos gaúchos estão enfrentando a maior enchente da história do estado. Milhares de famílias perderam suas casas e seus negócios. Nosso dever é fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudar nesse momento tão difícil. Juntos, vamos ajudar o Rio Grande do Sul a se reerguer”, ressaltou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.
 
O Governo do Estado do Rio Grande do Sul declarou estado de calamidade pública nas áreas afetadas pelas chuvas intensas, que iniciaram no dia 24 de abril. Diante disso, Criciúma cedeu esforços para auxiliar na recuperação do estado. As despesas de locomoção das máquinas, equipamentos e pessoal ocorrerão por conta de dotações do orçamento vigente, podendo ser suplementadas ou transferidas, se necessário.
 
“Ainda não sabemos quais municípios que serão contemplados. Primeiramente, será feito o contado com prefeitos de várias cidades gaúchas para entender quais os equipamentos e serviços mais necessitados, para em seguida realizarmos os encaminhamentos. Essa é mais uma maneira que encontramos para ajudar os municípios do Rio Grande do Sul”, explicou a secretária municipal de Governança, Roseli de Lucca Pizzolo.
 
Segundo o último boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, foram confirmadas 95 mortes, 131 desaparecidos e 401 municípios afetados. Diferente da enchente de 2023, que atingiu, principalmente, a região do Vale do Taquari, desta vez, os estragos causados pelas chuvas são percebidos em quase todo o território gaúcho.
 
Arrecadação de donativos
 
No último domingo (5), o Governo de Criciúma encaminhou 80 toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul. As doações foram reunidas no Ginásio Municipal de Esportes Irmão Walmir Antônio Orsi e lotaram duas carretas, com capacidade de 40 toneladas cada. Os donativos seguiram em comboio em direção a Porto Alegre.

Mais notícias

Notícias Relacionadas