Icone Acesso a informação
Portal
Transparência 
Consulta Prévia
Consulta
Prévia
Desenvolvimento Econômico
Data: 04/08/2023 - Escrito por: Janine Limas - Imagem: Arquivo/Decom

//Programa de crédito Mão na Roda com cadastros abertos em Criciúma

Tweet
Programa de microcrédito subsidiado é destinado aos microempreendedores individuais registrados no município

O programa de crédito Mão na Roda está com inscrições abertas para o mês de agosto em Criciúma. Das 70 vagas disponíveis, 40 já foram preenchidas. O benefício do subsídio é destinado, exclusivamente, ao Microempreendedor Individual (MEI) registrado no município. “O governo municipal trabalha para facilitar a vida de quem quer empreender e, também, busca soluções como o Mão na Roda, que possibilita ao microempresário criciumense investir em seu sonho”, ressalta o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.
 
Desenvolvido pela Administração Municipal, por meio da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, da Secretaria Municipal da Fazenda, o Mão na Roda tem como instituição credenciada a Credisol Microcrédito Brasil. Em três meses de implantação, o programa já atendeu 195 microempreendedores individuais de Criciúma. “Temos, ainda, 30 vagas para o mês de agosto. Essa linha de crédito não auxilia somente quem já é MEI e pretende investir em sua atividade, mas, também, aquelas pessoas que desejam sair da informalidade”, destaca o diretor de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Criciúma, Aldinei Potelecki.
 
Mais de R$ 900 em financiamentos liberados
 
O programa Mão na Roda, criado para fomentar os pequenos negócios, foi lançado em maio. Já foram liberados mais de R$ 900 mil em financiamentos para 195 microempreendedores.
 
Indianara Agostinho trabalha na área de estética há seis anos. Pouco antes da pandemia de Covid-19, ela abriu o próprio negócio, no bairro São Luiz. Além dos serviços oferecidos no salão de beleza, a microempresária, também, ministra cursos na área. “Uma amiga me falou do Mão na Roda e, logo, procurei a Casa do Empreendedor. Era a oportunidade para eu conseguir recursos para trocar a mobília e renovar o meu espaço,” explica.
 
A microempresária conta que o processo para obtenção da linha de crédito foi rápido e simples. “Comprei alguns móveis novos e, ainda, consegui guardar um pouco de dinheiro. Como não há juros, o crédito me auxiliou muito não só a melhorar o meu espaço para atender bem os clientes, mas a ter uma reserva para capital de giro”, finaliza.
 
Crédito subsidiado para MEIs
 
O programa Juro Zero prevê valores de até R$ 5 mil, sendo que o crédito pode ser aplicado na aquisição de máquinas, equipamentos, matéria-prima, mercadorias, manutenção de veículo para trabalho, reforma e ampliação do espaço de trabalho ou para capital de giro. O programa Mão na Roda amplia esse benefício. “O Governo de Criciúma assume a sétima prestação, e o Governo do Estado a oitava, para o microempreendedor que quitar seis parcelas em dia. Pagando, assim, um valor menor do que o capital solicitado”, esclarece Potelecki.
 
Para ter acesso à linha de crédito de até R$ 5 mil do programa Mão na Roda, é necessário ser MEI registrado em Criciúma, solicitar o Termo de Encaminhamento na Casa do Empreendedor, localizada no piso superior do Paço Municipal Marcos Rovaris, e pagar as seis primeiras parcelas em dia.

Mais notícias

Notícias Relacionadas