Icone Acesso a informação
Portal
Transparência 
Consulta Prévia
Consulta
Prévia
Desenvolvimento Econômico
Data: 03/05/2023 - Escrito por: Janine Limas - Imagem: Arquivo/Decom

//Prefeitura de Criciúma lança programa de crédito Mão na Roda

Tweet
Programa de microcrédito tem como objetivo fomentar o empreendedorismo no município de Criciúma, por meio de linha de crédito subsidiada. Iniciativa conta com a parceria da Credisol Microcrédito Brasil

Já pensou em solicitar um empréstimo para fomentar seu pequeno negócio e no final pagar menos do que o capital solicitado? Com o novo programa Mão na Roda isso será possível. O programa da Prefeitura de Criciúma, por meio da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, da Secretaria Municipal da Fazenda, tem como instituição credenciada para operacionalizar a Credisol Microcrédito Brasil. O benefício do subsídio é destinado, exclusivamente, ao Microempreendedor Individual (MEI) registrado em Criciúma.
 
O lançamento do programa será nesta quinta-feira (4), às 19h, no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris. “Criciúma é uma cidade de oportunidades. Trabalhamos para facilitar a vida de quem quer empreender. Por isso, nossa cidade está entre os municípios que mais geram empregos em Santa Catarina. E vamos continuar buscando parcerias e ideias, como o programa Mão na Roda, para beneficiar os criciumenses”, ressalta o prefeito Clésio Salvaro.
 
“Este programa é uma novidade que beneficiará diretamente os MEIs do município e, por consequência, incentivará a geração de emprego e renda. Além de ter os juros subsidiados pelo Governo do Estado com o Juro Zero, o município de Criciúma pagará uma prestação, com isso, o empreendedor devolverá menos do que pegou emprestado”, explica o diretor executivo da Credisol Microcrédito Brasil, Júlio César Burigo.
 
O programa Juro Zero prevê valores de até R$ 5 mil, sendo que o crédito pode ser aplicado na aquisição de máquinas, equipamentos, matéria-prima, mercadorias, manutenção de veículo para trabalho, reforma e ampliação do espaço de trabalho ou para capital de giro. “O microempreendedor faz um empréstimo de até R$ 5 mil para pagar em oito parcelas, pelas regras do programa. A última, que corresponde aos juros da operação, é paga pelo Governo do Estado para as instituições credenciadas”, comenta o gerente de Operações da Credisol Microcrédito Brasil, Eduardo Manenti.
 
O programa Mão na Roda amplia esse benefício. “O Governo de Criciúma vai subsidiar a sétima prestação, ou seja, o microempreendedor pagará apenas seis parcelas do empréstimo, pagando, assim, um valor menor do que o capital solicitado”, esclarece o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Criciúma, Aldinei Potelecki.
 
Para ter acesso à linha de crédito de até R$ 5 mil do programa Mão na Roda, é necessário ser MEI registrado em Criciúma, solicitar o Termo de Encaminhamento na Casa do Empreendedor, localizada no piso superior do Paço Municipal Marcos Rovaris, e pagar todas as seis primeiras parcelas em dia. Estas e demais regras estão no Decreto municipal SG/nº 2123/22, publicado no Diário Oficial do município de Criciúma.
 
Incentivo ao empreendedorismo, gerando emprego e renda
 
O programa Mão na Roda foi instituído pela lei municipal n° 7.661, de 2019, e, agora, entra em vigor para beneficiar os microempreendedores individuais do município, que contratarem o Juro Zero a partir da data de lançamento do programa. “Com o Mão na Roda será possível atender cerca de 70 microempreendedores mensalmente, assim, a prefeitura continua cumprindo o objetivo de incentivar o empreendedorismo e a geração de emprego em Criciúma”, finaliza Potelecki.

Mais notícias

Notícias Relacionadas