Compartilhe:

NCE

Secretaria de Educação

A rede pública conta com esse serviço desde 1993 oferencendo, inicialmente, o atendimento em fonoaudiologia e psicologia e, a partir de 2005, também a psicopedagogia.

Atualmente a equipe é composta por cinco fonoaudiólogas, seis psicólogas e duas psicopedagogas.

O Núcleo de Cooperação Educacional tem por objetivo atender, clinicamente, aos alunos matriculados na rede municipal que, em determinados momentos de sua trajetória escolar, apresentem dificuldades nas áreas ofertados no mesmo.

A demanda atendida no NCE é proveniente das escolas municipais onde professores, diretores e orientadores educacionais, percebem a dificuldade   e fazem o encaminhamento ao respectivo setor.

A fonoaudiologia, que é o campo de atuação na comunicação humana, realiza seu trabalho através de pesquisa, prevenção, habilitação, reabilitação de fala, voz, linguagem, leitura, escrita, motricidade oral e audição.
Além dos atendimentos clínicos são desenvolvidos alguns projetos:

1.   Fonoaudiologia na Escolaque tem o objetivo de levar, aos professores, noções de saúde e higiene vocal através de palestras diretamente aos professores.

2.    Reunião de pais realizada, mensalmente, com o objetivo de levar a comunidade informações sobre questões de saúde  fonoaudiológica,  e trocas de experiências.

3.    Educação Especial, que tem o objetivo de auxiliar nas questões e discussões da educação especial do Município, qualificando os professores para o trabalho de inclusão.

O setor de psicologia tem seu foco na psicoterapia, atendendo crianças e adolescentes com problemas e/ou dificuldade emocionais, sociais e cognitivas que interfiram, significativamente, no desempenho de suas atividades cotidianas, objetivando, assim, o bem estar e o equilíbrio emocional.

O trabalho de psicopedagogia é de natureza educacional e clínica, favorecendo as potencialidades das crianças. Lida com o conhecimento, sua aquisição, ampliação, distorções, diferenças e desenvolvimento por meio de múltiplos processos e estratégias, considerando, sempre, a individualidade do aprendente.

Esse é o único serviço que presta atendimento exclusivo com tais especialidades aos alunos da rede pública de ensino, onde, semanalmente, são realizados, em  média, 300 atendimentos clínicos de qualidade, que refletem no âmbito escolar, melhorando seu  desempenho e proporcionando melhor qualidade de vida.

A localização na rua Frei Caneca, nO. 177, próximo ao supermercado     MM Rosso, no centro da cidade, facilita o acesso de toda a comunidade do município com o horário de atendimento das 7h às 18h30min de segunda feira à sexta feira.

 

Equipe Técnica
Coordenadora NCE:

Munique do Nascimento
Fonoaudiólogas:

Ana Paula Magnus Mengue

Patricia Vicenzzi Silva

Maria Aparecida Denoni

Sinara Francielly Eduardo

Solange Castagnel 

Psicólogas:
Andeia Paraol Daminelli

Fernanda Cardoso Valentim

Jenifer Gomes Medeiros

Luciana Abreu Romancine

Munique do Nascimento

Silvilene Felisberto Colonetti

Psicopedagogas:
Giovana Rabelo Del Castagnel

Zilda Barbosa Domingos

Secretária: 
Danieli Rodrigues Resendes

Telefone: (048) 3445-8510



______________________________________________________________________________________

Projetos Executados
- Psicologia

No ano de 2010, realizou-se o Projeto piloto intitulado TREINANDO HABILIDADES SOCIAIS NA INFÂNCIA, ministrado pelas psicólogas do NCE. O referido projeto surgiu da experiência dos atendimentos clínicos realizados no setor, onde pode-se constatar a necessidade de trabalhar de maneira preventiva temas que estavam relacionados as principais queixas dos encaminhamentos recebidos, afim de que estas pudessem ser amenizadas ou até mesmo sanadas no próprio ambiente escolar ou familiar.

Surge então a idéia do referido projeto. Que foi apresentado e oferecido a todas as escolas da Rede Municipal de Ensino de Criciúma. Após realização das inscrições das escolas interessadas, Maria Lurdes Carneiro e Filho do Mineiro, teve início o trabalho com a finalidade de possibilitar as crianças dos terceiros anos mais qualidade de vida e adaptação social. O desenvolvimento das habilidades sociais começa com a conscientização das emoções e sentimentos: aprender a nomeá-los e diferenciá-los, compreender de onde vem e como atuam, falar a respeito dos mesmos, vencendo o medo e as inibições, bem como a impulsividade, direcionando-os positivamente. À medida que se faz isso, naturalmente vai-se desenvolvendo a empatia aumentando a assertividade das respostas comportamentais. Sabendo que o ambiente familiar e escolar refletem diretamente no comportamento da criança, foi necessário trabalhar a importância da relação pais x filhos e professores x alunos.
O referido projeto aconteceu em três etapas. No primeiro momento     trabalhou-se com os alunos em dez encontros divididos em temas como auto controle e expressividade emocional, civilidade, empatia, assertividade, resolução de problemas interpessoais, bullying, cooperação, entre outros. Com os professores, em um segundo momento, trabalhou-se a importância da relação professor e aluno como base no desenvolvimento infantil, divididos em dois encontros. Finalizando, foi realizado dois encontros com os pais abordando as seguintes temáticas: comunicação entre pais e filhos, comportamentos assertivos dos pais, afeto, limites entre outros.

Durante a realização do projeto, alguns professores relatavam mudanças positivas no comportamento intra/interpessoal dos alunos.
Com isso, e também mediante avaliação positiva do trabalho pelas partes envolvidas, considera-se a importância da continuação do mesmo em toda a Rede Municipal de Ensino de Criciúma.

< Voltar