O Centro de Atenção Psicossocial para álcool e outras drogas tem por finalidade o atendimento diário à população que apresenta graves transtornos decorrentes do uso/abuso e dependência de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas).

 

O tratamento visa a construção da autonomia do indivíduo, fortalecendo-o para que possa fazer as escolhas adequadas para sua vida e integra-se em seu meio social. Para isso durante o tratamento ele participa de atividades como:

   - Atendimento individual: médico, psiquiátrico, psicoterapêutico e de enfermagem. Prescrição e dispensação de medicamentos, acompanhamento de orientação (também familiar).

   - Atendimento em grupo: grupos terapêuticos (usuários e familiares), psicoterapia, oficinas terapêuticas (música, artesanato, etc), atividades de suporte social, entre outras.

   - Visitas domiciliares aos usuários do serviço ou de inserção ao tratamento.

   - Oferecer atendimento ambulatorial de desintoxicação para os casos que não requerem internação

 

Inicialmente, a pessoa que apresenta problemas com álcool e / ou outras drogas deve dirigir-se à unidade de saúde mais próxima de sua casa para avaliação e possível encaminhamento ao CAPS II ad.

 

Ao chegar no CAPS II ad a pessoa passa pelas seguintes etapas:

- É realizado seu acolhimento, onde o usuário é recebido e escutado em sua história de vida e de uso de drogas, sua situação atual em relação às dimensões familiares, sociais, de trabalho, sua saúde e como ser humano integral.

- A partir do acolhimento o usuário é avaliado e inserido no plano terapêutico que atenda suas necessidades de atendimento, de acordo com a avaliação de sua situação atual, podendo freqüentar nas modalidades de planos seguintes:

      - Intensivo (todos os dias)

      - Semi-intensivo (3 períodos p/ semana)

      - Não-intensivo (3 períodos por mês)

- Ou receber os encaminhamentos necessários.

OBS.: A Avaliação do indivíduo é constante durante o tratamento.

 

 

O CAPS II ad tem como objetivos ainda:

       - Integrar a família ao processo terapêutico do usuário desde o estabelecimento do plano terapêutico até a saída do programa.

       - Trabalhar com propostas de geração de renda e inclusão no mercado de trabalho.

       - Reduzir o número de internações psiquiátricas pelo uso abusivo de drogas.

       - Promover ações de redução de danos sociais e à saúde.

       - Promover a reabilitação e reinserção social do usuário.

       - Atuar como agente matricial da Rede de Atenção Básica de Saúde e outros serviços.

       - Acolher os usuários encaminhados pela rede de atenção básica de saúde.

       - Promover atividades comunitárias com foco na prevenção do uso e abuso de álcool e outras drogas.

Documentos necessários:
  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Cartão do SUS
Local de atendimento:

Rua: Agrícola Índio Guimarães, 105 / Bairro Comerciário – Criciúma – SC (Próximo ao Jorginho Lanches e da antiga Caixa Econômica Federal)

Horário de atendimento:

Atendimento de segunda a sexta-feira (exceto nas quartas): das 8h às 17h30