Prefeitura garante manutenção de serviços essenciais na saúde, educação e transporte público
Página Inicial > Notícias > Notícia
Prefeitura garante manutenção de serviços essenciais na saúde, educação e transporte público
Reforço de 21 mil litros de gasolina mantém funcionamento de serviços e contribui para atender necessidades essenciais de municípios vizinhos
Data: 29/05/2018    Última Atualização: 29/05/2018    Texto: Vivian Sipriano    Foto: Jhulian Pereira    Categoria: Governo  

Para amenizar os reflexos do desabastecimento de combustíveis e produtos essenciais, em virtude da paralisação do transporte rodoviário de carga, o prefeito Clésio Salvaro se reuniu mais uma vez nesta terça-feira (29) com representantes da área da saúde e educação do município. O objetivo do encontro foi levantar as necessidades de cada instituição e fazer o devido compartilhamento.

Participaram da reunião a secretária de Saúde, Francielle Gava, secretária de Educação, Roseli de Lucca, gestores do Hospital São José, Hospital São João Batista, Unimed e Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC). Também estiveram presentes responsáveis pelo Hemosc, Asilo São Vicente de Paulo, Associação Feminina de Assistência Social (Afasc) e representantes da área da saúde de municípios vizinhos.

Segundo o prefeito Clésio Salvaro, através de uma parceria com a Polícia Militar e a Polícia Civil, a Prefeitura de Criciúma recebe nesta terça-feira 21 mil litros de gasolina para abastecimento de veículos da saúde e da educação. “Fomos previdentes desde o início das paralisações, por isso, conseguimos economizar combustível sem prejudicar o andamento dos serviços essenciais”, lembrou o prefeito.

Através do Projeto de Lei nº 051/18, aprovado nesta segunda-feira (28) na Câmara de Vereadores, a prefeitura está autorizada a receber por empréstimo e ceder a outras entidades e municípios combustível necessário para manutenção de serviços essenciais. Em virtude disso, o município está fazendo o levantamento e atendendo às necessidades na medida do possível.

Com o reforço no abastecimento o transporte público de passageiros foi estendido até sábado (2), seguindo a mesma tabela praticada nos últimos dias com horários reduzidos. Na quinta-feira (31), feriado de Corpus Christi, não haverá transporte coletivo. As 71 escolas da rede municipal de ensino funcionam normalmente até quarta-feira (30), bem como os 19 Centros de Educação Infantil Municipal (CEIM).

A Secretaria de Educação tem feito o remanejamento de gás de cozinha e alimentação escolar, e o transporte dos estudantes não foi comprometido. “É importante manter nossas crianças na escola, já que, dessa forma, não prejudicamos pais e responsáveis que estão inseridos no mercado de trabalho. Se dispensamos os estudantes, podemos causar um transtorno ainda maior para as famílias que precisam sair para trabalhar e não têm com quem deixar os filhos”, esclareceu Salvaro.