Compartilhe:

Prefeitura de Criciúma divulga vencedores do concurso literário “A Arte de Ler e Escrever”

Premiação será realizada nesta quarta-feira (11), às 9h, na Praça Nereu Ramos
 / Fotos: Divulgação/Internet Texto: *Morgana Réus

A Prefeitura de Criciúma, via Secretaria de Educação, divulgou na última sexta-feira (6), o resultado do concurso literário “A Arte de Ler e Escrever”, com o tema “Respeito à Vida”. Os participantes são alunos do ensino fundamental e estudantes do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). A solenidade de premiação será realizada nesta quarta-feira (11), às 9h, durante a 12ª Feira do Livro de Criciúma, na Praça Nereu Ramos.

A seleção foi dividida em quatro categorias: produção de imagens (1º ao 3º ano), poesia (4º ao 6º ano), crônica I (7º ao 9º ano) e crônica II (Proeja). A aluna Carol da Silva de Freitas Adão, da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Antonio Milanez Neto, foi a campeã. O segundo lugar ficou com a aluna Michaely de Oliveira Gonçalves, da EMEIEF José Giassi, e em terceiro lugar, Isabele Cristina Silveira, da EMEIEF Fortunato Brasil Naspolini.

Na categoria poesia, o aluno Bruno da Silva Martins, da EMEIEF Hercílio Amante, conquistou o primeiro lugar. A segunda colocação ficou com Miguel William Freitas Wanzeler e o terceiro lugar com a aluna Daniela Gonçalves Bortoluzzi, da EMEIEF Profº Jairo Luiz Thomazi.

Os premiados na categoria crônica I foram: Maria Helena Nunes Lima, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Adolfo Back, Suelen Barbosa Nichele, da EMEIEF Judite Duarte de Oliveira, e Gabriela Martins Dagostim, da EMEIEF José Rosso. Já na categoria crônica II, a estudante do Proeja, Gabriela Bergamaski, do Núcleo Dionízio Milioli, foi a vencedora.

Os critérios estabelecidos pelo concurso, conforme edital da Secretaria de Educação, priorizaram a adequação ao tema e a originalidade, a gramática e a ortografia para as categorias poesia e crônica, e clareza de ideias e a construção de um ponto de vista inovador sobre o tema. O número total foi de 65 inscrições nas três categorias.

Para a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca, o concurso literário é uma das ações para elevar os índices de aprendizagem dos alunos. “O evento incentiva a participação de todas as escolas e alunos, objetivando o desenvolvimento da leitura e escrita”, analisa.

Os vencedores serão premiados com livros fornecidos pela comissão organizadora da Feira do Livro de Criciúma. Segundo a coordenadora pedagógica dos Anos Iniciais da Secretaria de Educação, Micheli Bez Birolo, as escolas que tiverem os alunos selecionados receberão certificado de participação. “O objetivo principal da Feira do Livro é incentivar as crianças e os jovens a terem contato com os livros e, consequentemente, à leitura e escrita. O resultado de um bom escritor é um bom leitor”, afirma.

*Morgana Réus é jornalista e atua na Secretaria Municipal de Educação.

< Voltar