Compartilhe:

Parque das Nações recebe estrutura para a 29ª Festa das Etnias

Maior evento gastronômico de Santa Catarina será realizado entre os dias 12 e 17 de setembro
 / Fotos: Jhulian Pereira Texto: Émerson Justo

Pela primeira vez, a maior festa gastronômica de Santa Catarina será realizada no Parque das Nações Cincinato Naspolini. Desde a última semana, profissionais da Prefeitura de Criciúma trabalham no local para a montagem da estrutura da 29ª Festa das Etnias. Organizado pela União das Etnias de Criciúma (UEC), com apoio da Administração Municipal, via Fundação Cultural de Criciúma (FCC), o evento cultural ocorre entre os dias 12 e 17 de setembro.

De acordo com o presidente da FCC, Serginho Zappelini, os preparativos para a Festa das Etnias seguem a todo vapor. “Já colocamos três portais de acesso nas entradas e o parque de diversões está sendo instalado, assim como a parte elétrica. O Parque das Nações também está passando por uma preparação estética”, relata.

Conforme Serginho, o Parque das Nações contará com mais de quatro mil metros quadrados de área coberta. “Diferentemente dos anos anteriores, nesta edição a praça de alimentação vai abrigar todas as etnias. As tendas vão acomodar aproximadamente duas mil pessoas sentadas”, explica. A Festa das Etnias receberá investimento de aproximadamente R$ 100 mil, proveniente do próprio evento cultural.

A programação completa da Festa das Etnias está disponível no site criciuma.sc.gov.br/fcc. “O Parque das Nações é o maior ambiente de lazer, cultura e esportes de Santa Catarina, com um espaço de aproximadamente 500 mil metros quadrados. A área eterniza as nações que povoaram Criciúma, por isso, nada mais justo que realizar a Festa das Etnias neste local. Além disso, o acesso é fácil e o ambiente já é bastante frequentado por moradores e visitantes”, comenta o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Pedágio Solidário

Para angariar fundos para a Festa das Etnias, a FCC idealizou o Pedágio Solidário, que visa a contribuição voluntária do público com R$ 1,99. “Não haverá nenhuma cobrança para a entrada no Parque das Nações ou para assistir as atrações, por isso, criamos este meio para pedir a colaboração da população, para incentivar a realização da festa e de eventos culturais em Criciúma”, ressalta Serginho.

Durante os seis dias de evento cultural, 50 seguranças realizarão a vigilância do local, além do apoio do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Criciúma. A Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma também contribuirá com o andamento da festa, controlando o trânsito da região. Para estacionar o veículo no Parque das Nações, será cobrado de R$ 5 a R$ 10, dependendo do local.

< Voltar