Compartilhe:

Jasti: Criciúma conquista a medalha de prata na dança folclórica popular

Jogos Abertos da Terceira Idade ocorrem até o próximo domingo, em Blumenau
 / Fotos: Divulgação/Afasc Texto: *Carlos Filipe

O primeiro dia de disputas de títulos nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), em Blumenau, terminou com medalha de prata para Criciúma. Na noite dessa quinta-feira (18), as atletas da dança folclórica popular garantiram o segundo lugar e ficaram à frente de Itajaí e atrás apenas de Florianópolis.

A apresentação “Galopeira”, foi o resultado de um trabalho de longa data, comandado pelo professor Anderson Felisberto. “É uma alegria muito grande conquistar a primeira medalha criciumense nesta edição. Trabalhamos muito, desde a idealização até os ensaios e aqui mesmo, em Blumenau, para garantir que tudo ocorresse como programado”, enfatiza.

A conquista também foi motivo de comemoração para o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Sandro Araújo. “Garantimos o segundo lugar e superamos equipes muito qualificadas. Para nós, essa prata tem sabor de ouro, pois é o nome de Criciúma no pódio de mais um evento esportivo estadual”, avalia.

Nesta sexta-feira, Criciúma disputará as modalidades de truco masculino, que joga para cumprir tabela, a mesma modalidade, no naipe feminino, que briga pela classificação à próxima fase, além do dominó. Os atletas criciumenses são acompanhados por profissionais da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), através do Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI) e FME.

*Carlos Filipe atua na Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc).

< Voltar