Compartilhe:

Encontro de Bandas e Fanfarras reúne 600 integrantes na Praça Nereu Ramos

Evento cultural, promovido pela FCC, reuniu 14 bandas neste sábado (11)
 / Fotos: Émerson Justo Texto: Émerson Justo

A Administração Municipal, via Fundação Cultural de Criciúma (FCC), em parceria com a Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), retomou neste sábado (11), o Encontro de Bandas e Fanfarras de Criciúma. Idealizado em 2013 e paralisado há três anos, a iniciativa reuniu 14 bandas, além de muitos moradores que transitavam pela Praça Nereu Ramos.

De acordo com o presidente da FCC, Serginho Zappelini, o encontro teve duração de quatro horas, com a participação de aproximadamente 600 integrantes. “Queremos resgatar a cultura e promover a música em Criciúma. Cada banda e cada fanfarra tem seu estilo e suas particularidades, e o evento possibilita a troca de experiência entre os grupos”, explica. Após as apresentações, as fanfarras percorreram as ruas centrais de Criciúma.

O estudante do 7º ano e integrante da fanfarra da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Dionízio Milioli, Carlos Eduardo Rebelo, conta que é a primeira vez que participa do Encontro, mas que pretende participar das próximas edições. “Nós ensaiamos muito durante o ano, por volta de quatro horas por semana, mas nosso objetivo é nos apresentar para outras pessoas. A iniciativa da FCC permite que os moradores conheçam nosso trabalho e possamos conhecer outras bandas para evoluir mais”, afirma.

Além do Encontro de Bandas e Fanfarras em novembro, a FCC promoverá em todos os sábados, a partir de 2018, a apresentação de um grupo na Praça Nereu Ramos. A aposentada Nilda Lacombe, 60 anos, aprovou a ideia. “Moro no bairro Comerciário e vim no Centro para fazer algumas compras. Vi as apresentações e parei para assistir. Estou achando muito bom, é uma ótima distração para nós que gostamos de circular pela Praça Nereu Ramos”, comenta.

< Voltar