Unidades do Caps de Criciúma inauguram sistema informatizado
Página Inicial > Notícias > Notícia
Unidades do Caps de Criciúma inauguram sistema informatizado
Modelo eletrônico, já utilizado nas UBS do município, garante, dentre os demais benefícios, unificação de prontuários médicos
Data: 19/11/2018    Última Atualização: 19/11/2018    Texto: Guilherme Nuernberg    Foto: Guilherme Nuernberg    Categoria: Tecnologia da Informação  

As quatro unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Criciúma estão com o processo de informatização concluído. Cada unidade recebeu três novos computadores, além de impressoras, sistema de gestão e materiais de informática. Os equipamentos fazem parte da criação do sistema integrado de gestão de saúde no município.

Hoje, Criciúma conta com o Caps Infantil, Caps II, Caps Álcool e Drogas (AD) e o Caps III. Concluído o processo, agora eles se integram, de forma on-line, com todos os demais locais pertencentes à Secretaria de Saúde de Criciúma.

No último mês, sem contabilizar os números da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Antônio Carlos Althoff, foram registrados 66 mil procedimentos médicos no município. Deste número, 6.724 procedimentos foram realizados pelas unidades do Caps.

Um dos benefícios da implantação é o prontuário único. Encaminhamentos, exames, informações de atendimentos e medicamentos prescritos e retirados, agora são integrados ao sistema de saúde do município, o que garante maior controle e economia.

“Quando o paciente fizer uma consulta na Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, após ser atendido no Caps, por exemplo, o médico terá acesso imediatamente a todo o seu prontuário, garantindo o diagnóstico correto do paciente”, exemplificou a secretária de Saúde, Francielle Gava.

Segundo o diretor da Diretoria de Tecnologia da Informação (TI) do município, Tiago Ferro Pavan, o processo de informatização tem como papel principal diminuir a burocracia nos atendimentos, gerar economia aos cofres públicos e até aumento na receita. “Mais de 80 profissionais foram treinados para utilizar o sistema nas unidades. O processo de implantação desse sistema levou aproximadamente seis meses”, explicou o diretor.
 

UBS 100% integradas

Trabalho semelhante já foi realizado neste ano em todas as unidades de saúde de Criciúma, além do 24 Horas do bairro Boa Vista e a UPA. Os setores contam com a integração para gerenciamento dos atendimentos. A informatização do sistema foi realizada pela Diretoria de TI junto a Secretaria de Saúde do município.