Projeto Educonexão capacita professores para uso de tecnologias em escolas de Criciúma
Página Inicial > Notícias > Notícia
Projeto Educonexão capacita professores para uso de tecnologias em escolas de Criciúma
Iniciativa contempla todas as unidades escolares da Administração Municipal
Data: 13/09/2017    Última Atualização: 14/09/2017    Texto: Émerson Justo    Foto: Jhulian Pereira    Categoria: Educação  

Para qualificar o ensino público, através do uso de tecnologias, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com o Instituto Net Claro Embratel e Instituto Crescer, promoveu nesta terça-feira (12) e quarta-feira (13) a primeira etapa de capacitações de professores da rede municipal de ensino de Criciúma. A iniciativa visa preparar os educadores para utilizar as ferramentas tecnológicas que serão instaladas nas unidades educacionais.

Segundo a coordenadora do Projeto Educonexão, Adriana Vieira Brognoli, a primeira etapa de capacitações ressaltou a forma de trabalhar as mídias sociais nas escolas. “Queremos aliar aquilo que os alunos mais gostam, que é estar conectado às redes sociais, com o aprendizado. A capacitação mostrou aos professores que as mídias sociais podem também ser uma ferramenta de educação, se utilizada da maneira correta”, afirma.

De acordo com o diretor de Tecnologia da Informação (TI) da Prefeitura de Criciúma, Tiago Pavan, o Instituto Net Claro Embratel fornecerá dois pontos de internet e dois pontos de TV por assinatura a cada escola da rede municipal. “Cada ponto de internet terá 10 mega. Os equipamentos começarão a ser instalados a partir de outubro. Inicialmente, apenas 17 escolas serão contempladas, pois somente elas ficam em regiões cabeadas, mas na medida que a rede for ampliada, mais escolas receberão as ferramentas”, explica.

As formações foram divididas em cinco etapas e são ministradas por profissionais do Instituto Crescer na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Hercílio Amante, no bairro Vila Floresta. No final do curso, os professores receberão certificados. “Participam do projeto 72 professores, um de cada escola. O curso será de 36 horas presenciais e 44 horas online. Eles serão responsáveis por multiplicar os conhecimentos adquiridos com os demais educadores das escolas”, relata Adriana. As capacitações seguem até dezembro.

Confira as próximas etapas do Educonexão:

Oficinas presenciais:
25 e 26 de outubro: Novas linguagens de aprendizagem (8 horas)
16 e 17 de novembro: Trabalhando com projetos de aprendizagem em sala de aula (8 horas)
05 e 06 de dezembro: O que está em jogo na aprendizagem? (8 horas)

Interações online:
Uso do Facebook como um espaço de interação virtual (44 horas)


Fotos

Projeto Educonexão capacita professores para uso de tecnologias em escolas de Criciúma