Definida empresa responsável pela reforma do antigo prédio do INSS
Página Inicial > Notícias > Notícia
Definida empresa responsável pela reforma do antigo prédio do INSS
Trabalhos serão executados pela empresa Fecel Engenharia e Construções, vencedora do certame licitatório
Data: 25/02/2019    Última Atualização: 26/02/2019    Texto: Jhulian Pereira    Foto: Arquivo/Decom    Categoria: Saúde  

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (25), na Sala de Licitações, no Paço Municipal Marcos Rovaris, a Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura de Criciúma efetuou a abertura dos envelopes com as propostas de preços das três empresas habilitadas para a execução das obras de reforma do antigo imóvel do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

No local será implantada a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro e o Laboratório Municipal de Análises Clínicas. A empresa responsável pela execução das obras no imóvel localizado na rua João Pessoa, no Centro, será a Fecel Engenharia e Construções.

A empresa venceu o certame licitatório com a proposta de aproximadamente R$ 921 mil. De acordo com a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski, a ordem de serviço que autoriza o início das obras deve ser assinada nos próximos dias. “O próximo passo da licitação é a análise das planilhas orçamentárias, que está sendo feita pela equipe técnica da secretaria. Depois, vamos formalizar o contrato e assinar a ordem de serviço para iniciar os trabalhos”, destaca.

O resultado final do processo licitatório será publicado no Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Prefeitura de Criciúma após a conclusão da análise das planilhas orçamentárias.

Nova UBS do Centro

A nova UBS do Centro tem 1.182,57m² e contará com salas de vacinas e imunologia, farmácia da UBS, consultórios, salas para coletas de materiais e sala de curativos e inalação. O Laboratório Municipal de Análises Clínicas terá sala de bioquímica e imunologia, laboratório de microscopia, laboratórios de hematologia, microbiologia, parasitologia e urinálise, sala de coleta de materiais e classificação e distribuição de amostras. A expectativa do Governo de Criciúma é entregar a estrutura aos moradores no dia 6 de janeiro de 2020, quando a cidade completa 140 anos.