Criciúma sediará 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais em 2019
Página Inicial > Notícias > Notícia
Criciúma sediará 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais em 2019
Confirmação veio após 3ª edição do congresso, realizada em Lages. Na ocasião, Criciúma foi reconhecida pelo projeto de modernização e informatização dos sistemas desenvolvidos na área da saúde
Data: 24/04/2018    Última Atualização: 24/04/2018    Texto: Vivian Sipriano    Foto: Divulgação/Decom    Categoria: Tecnologia da Informação  

O município de Criciúma será sede do 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais em 2019. A confirmação veio na última sexta-feira (20) durante a realização da 3ª edição do congresso, em Lages. O evento é promovido pela Rede Cidade Digital que premia iniciativas inovadoras da área tecnológica desenvolvidas na gestão pública dos municípios. A data para a realização em Criciúma ainda será definida.

Segundo o diretor da Diretoria de Tecnologia da Informação (TI), Tiago Pavan, as edições anteriores ocorreram em Florianópolis, Bombinhas e Lages. “Vamos nos programar para receber os convidados tão bem quanto fomos recepcionados em Lages. Não existe concorrência, é uma troca de experiências, uma oportunidade de ter uma perspectiva maior do mercado profissional, impulsionar uns aos outros com as soluções tecnológicas e inovadoras em cada gestão”, explica.

De acordo com o diretor, o primeiro convite para sediar o evento foi feito em novembro de 2017. “Conversamos com o diretor da Rede Cidade Digital durante o 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, em São José dos Pinhais, e colocamos o nosso interesse em receber o evento. Esse ano pudemos mostrar o potencial do sul do estado, a conversa evoluiu e fomos anunciados como os próximos anfitriões do evento”, lembra Tiago.

 

Diretoria de TI de Criciúma premiada

Durante a realização do 3º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, em Lages, nos dias 19 e 20 de abril, a Diretoria de TI de Criciúma recebeu o certificado Projeto Inovador 2018. O reconhecimento foi pela iniciativa de informatização e modernização dos processos executados nos órgãos da Secretaria de Saúde do município.

Diversos setores já estão utilizando os processos desenvolvidos pela TI a partir de 2017. O prontuário eletrônico do paciente, solicitações de alvará online pela Vigilância Sanitária, integração com o E-SUS e informatização do laboratório municipal. Além disso, os agentes de saúde já trabalham com tablets e o sistema de informatização será implantado também nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

“Já temos projetos em desenvolvimento que serão apresentados no ano que vem. Pretendemos ser igualmente reconhecidos, dessa vez em casa. Temos a consciência de que estamos cumprindo uma obrigação, mas receber esse certificado serve como exemplo e podemos mostrar ao cidadão que existe toda uma equipe trabalhando pelo bem da gestão pública, e consequentemente, pelo seu bem”, conclui Pavan.