Compartilhe:

Criciúma adere ao programa Saúde Fiscal dos Municípios

Projeto pretende combater à sonegação fiscal. Assinatura do termo foi realizada nesta quinta-feira (5), na Prefeitura de Criciúma
 / Fotos: Jhulian Pereira Texto: Jhulian Pereira

Criciúma aderiu ao programa Saúde Fiscal dos Municípios, desenvolvido pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). A assinatura do Termo de Cooperação Técnica ocorreu nesta quinta-feira (4), na sede da Administração Municipal, no bairro Ceará. O projeto pretende combater à sonegação fiscal, em especial, do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

O termo foi assinado pelo prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, vice-prefeito Ricardo Fabris, subprocurador-geral para Assuntos Administrativos e coordenador-geral dos Centros de Apoio Operacional do Ministério Público, Fábio de Souza Trajano, promotora de Justiça, Vera Lúcia Coro Bedinoto, além do secretário municipal da Fazenda, Robson Gotuzzo.

Em Santa Catarina, mais de 200 cidades aderiram ao programa. “O momento atual da economia é conturbado. A crise e outros fatores fizeram com que as prefeituras deixassem de arrecadar impostos. O Saúde Fiscal atua no combate aos sonegadores de tributos municipais e, consequentemente, melhora o controle dos repasses de tributos”, analisa Trajano.

Para Salvaro, o Saúde Fiscal vai possibilitar melhorias aos moradores de Criciúma. “Com o combate à sonegação fiscal, o município terá um incremento na arrecadação. Precisamos ser eficientes na hora de arrecadar tributos e atender os anseios dos criciumenses”, destaca.

A solenidade reuniu líderes comunitários, funcionários da Prefeitura de Criciúma, prefeitos de Cocal do Sul, Balneário Rincão e Morro da Fumaça, vereadores de Criciúma Geovana Benedet Zanette e Ademir Honorato, além de outras autoridades.

Mais informações sobre o programa Saúde Fiscal dos Municípios podem ser obtidas por meio do site www.mpsc.mp.br.

Visita ao Paço Municipal

Após a assinatura do Termo de Cooperação Técnica, o subprocurador-geral visitou o Paço Municipal Marcos Rovaris. Salvaro e Fabris acompanharam Trajano e explicaram os procedimentos para restaurar o prédio atingido por incêndios em 2015. “Essa é a obra mais importantes dos últimos 36 anos de Criciúma”, ressalta o prefeito.

< Voltar