Compartilhe:

Crescimento dos bairros é discutido e apresentado a líderes comunitários

Prefeitura começou a apresentar propostas para o desenvolvimento ordenado de bairros de Criciúma nesta terça-feira (28)
 / Fotos: Neka Dal Pont Texto: Jhulian Pereira

Propostas para o desenvolvimento ordenado de bairros de Criciúma começaram a ser discutidas nesta terça-feira (28), no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti. Arquitetos da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Criciúma apresentaram iniciativas de curto, médio e longo prazo aos líderes comunitários dos bairros Santa Bárbara, São Luiz e Milanese. 

“Queremos mostrar e discutir com os moradores algumas atividades planejadas para as regiões de Criciúma, pensando no potencial de crescimento de cada bairro. No decorrer das próximas semanas nós iremos se reunir com outros líderes comunitários para, principalmente, discutir o futuro dos bairros, visando o crescimento ordenado”, afirma o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Jader Westrup.

Os próximos encontros devem ocorrer com representantes dos bairros Comerciário, Centro, Próspera, Nossa Senhora da Salete, Pinheirinho, Jardim Angélica, Vila Isabel, Santa Luzia, Primeira Linha, Quarta Linha e distrito do Rio Maina. Westrup explica que a participação da comunidade é fundamental para evitar contratempos e garantir o crescimento organizado de Criciúma. “Além de colaborar, os moradores ficam cientes dos planos para seus bairros”, comenta.

Para o membro da Associação de Moradores do Bairro São Luiz, Márcio Darós da Luz, o encontro foi positivo e sanou dúvidas da comunidade. “Fiquei satisfeito com o interesse da Prefeitura em ouvir um representante do bairro antes de tomar decisões. Com as explicações das atividades planejadas principalmente para o nosso bairro, posso informar e explicar as propostas aos demais moradores”, ressalta.  

Entre as propostas apresentadas aos líderes comunitários, há projetos que integram o Plano Criciúma 2050, lançado em setembro de 2015. “Estamos propondo mudanças nas áreas de zoneamento do atual Plano Diretor e apresentando planejamentos que, após estudos, visam o crescimento ordenado tanto no presente quanto no futuro”, conta o arquiteto e urbanista da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Giuliano Elias Colossi. 

< Voltar