Compartilhe:

Conselho Municipal de Direitos do Idoso de Criciúma lança site para se aproximar dos moradores

Página eletrônica foi apresenta ao público nesta quinta-feira (9)
 / Fotos: Ana de Mattia Texto: Ana de Mattia

Nesta quinta-feira (9), o Conselho Municipal de Direitos do Idoso (CMDI) de Criciúma, em parceira com a Administração Municipal, apresentou um site próprio ao público. Através do link cmdi.criciuma.sc.gov.br, os moradores podem acessar notícias, legislação, Fundo Municipal de Direitos do Idoso, entre outros recursos relacionados ao órgão. O site foi lançado em evento realizado no Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI), da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc).

Conforme a presidente do CMDI de Criciúma, Andréia Bertoncini Pereira, o município possui aproximadamente 24 mil idosos. “O site é um canal para aproximar Conselho Municipal e moradores. Vamos divulgar notícias e informações que interessam a todos. Isso gera transparência para atingirmos nossas propostas”, destaca.

O site foi desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da Informação (TI) da Prefeitura de Criciúma. “Desde o início de 2017, estamos trabalhando para facilitar o dia a dia de cada funcionário da Administração Municipal. A Diretoria de TI elaborou este site para divulgar ainda mais as atividades realizadas pelo Conselho Municipal”, explica o diretor de TI do Governo de Criciúma, Tiago Ferro Pavan.

A presidente do CMDI de Criciúma também aproveitou o evento para divulgar o Fundo Municipal de Direitos do Idoso, que garante às pessoas jurídicas, a oportunidade de colaborar com 1% do valor pago na declaração de Imposto de Renda. Pessoas físicas podem contribuir com 6%. “Os recursos são destinados para planejarmos melhorias aos idosos. A contribuição dos moradores é fundamental, pois permite que tenhamos verba para melhor atender as pessoas com mais de 60 anos”, comenta Andréia.

Os documentos necessários para efetuar o cadastro e colaborar com o CMDI de Criciúma estão disponíveis no site do órgão.

< Voltar