Centro Cultural Jorge Zanatta será inaugurado em 14 de dezembro
Página Inicial > Notícias > Notícia
Centro Cultural Jorge Zanatta será inaugurado em 14 de dezembro
Atrações culturais e exposição de artes serão as primeiras atividades no local
Data: 08/11/2018    Última Atualização: 08/11/2018    Texto: Ana de Mattia    Foto: Ana de Mattia    Categoria: Fundação Cultural de Criciúma  

Faltam poucas semanas para os criciumenses usufruírem do espaço e das atividades culturais e artísticas que estarão disponíveis no Centro Cultural Jorge Zanatta. A data de entrega já está marcada: sexta-feira, 14 de dezembro. No dia, o cronograma estará repleto de atividades culturais e uma exposição de arte de aproximadamente 20 artistas criciumenses. 

Iniciadas no começo do ano, as obras estão na fase final. O local também está recebendo uma rampa de acesso que inicialmente não estava no projeto. De acordo com a secretária de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski, a rampa de acessibilidade foi incluída no projeto pela necessidade.

“Como o Centro Cultural é tombado pelo Estado e pelo Município, tomamos cuidado para não alterar a arquitetura do local com a construção da rampa, e procuramos colocar pedras de granito”, explica. A obra está orçada em aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Além da finalização da rampa, falta também a colocação da mobília, uma das últimas etapas antes da abertura. A secretária ainda afirma que a obra foi toda acompanhada pela arquiteta Júlia Dias Gomes, especializada em restauração.

Jardim

Segundo a presidente da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), Anequésselen Bitencourt Fortunato, o órgão está fazendo a revitalização do ajardinamento no local, como podas em árvores, substituição de plantas e plantio de novas mudas. “Plantamos azaleias, buchinhos e flores diversas e estamos fazendo a manutenção de plantas que já estavam no local”, explica a presidente.

Espaço de cultura

Com intuito de ter salas disponíveis para Academia Criciumense de Letras (ACLe), galeria de artes, café, biblioteca pública e galpão de artes, a Fundação Cultural de Criciúma abrirá o edital de chamamento público. “O vencedor ficará responsável pela manutenção da estrutura física e garantirá o acesso à arte e à cultura aos moradores, proporcionando um espaço para o desenvolvimento de atividades regulares”, ressalta.

O espaço também será sede da administração da Fundação Cultural de Criciúma (FCC) e arquivo histórico do município.