Ação de conscientização leva 400 estudantes ao Parque das Nações
Página Inicial > Notícias > Notícia
Ação de conscientização leva 400 estudantes ao Parque das Nações
Proposta é incentivar crianças e adolescentes a valorizarem boas atitudes e a condenarem más ações
Data: 10/08/2018    Última Atualização: 10/08/2018    Texto: Guilherme Nuernberg    Foto: Divulgação/Decom    Categoria: Fundação Cultural de Criciúma  

Cerca de 400 estudantes da rede municipal de ensino de Criciúma participaram da ação ‘Dia “J”  Ambiental’, na manhã desta sexta-feira (10), no Parque da Nações Cincinato Naspolini. O evento é promovido pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina e Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert) e ofereceu atividades e exposições para crianças e adolescentes.

Participaram estudantes de 8 a 12 anos de 13 escolas municipais: Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) José Giassi, Ângelo de Luca, Casemiro Stachurski, Fiorento Meller, Eliza Sampaio Rovaris, Clotildes Lalau, Moacyr Jardim de Menezes, Vilson Lalau; Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Rosso, Jorge da Cunha Carneiro, Judite Duarte de Oliveira, Érico Nonnenmacher e Francisco Skrabski.

As instituições participantes promoveram atividades para os alunos durante toda a manhã, como exposições e entrega de materiais da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), Instituto Felinos do Aguaí, Instituto Alouatta e Polícia Militar Ambiental de Maracajá. Também foram oferecidas orientações sobre educação no trânsito pela Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT), e uma apresentação realizada pelo Bairro da Juventude com a Orquestra de Metais com Música.

Jeito Catarinense - o jeito certo de fazer as coisas

A ação promovida pelo IMA e Acaert, visa motivar os estudantes, norteando-os pela cartilha ‘Jeito Catarinense - O jeito certo de fazer as coisas’, a realizar atos que visam o bem da sociedade. Para transformar a ideia em prática, foram distribuídos cartões verdes, utilizados quando há uma boa atitude, e também cartões vermelhos, para as crianças utilizarem quando virem alguma ação negativa.

Em todo o estado já foram distribuídas nas escolas 10 mil cartilhas que regem a brincadeira, com aprovação de conteúdo e apoio da Secretaria de Educação do Estado.